Arquivo da categoria: Críticas

Rampage: Destruição Total

Rampage (e suas varías continuações) é um video game de arcade dos anos 80 no qual três humanos são transformados em animais gigantes e saem por ai destruindo cidades, derrubando prédios e comendo pessoas. Então naturalmente tinha que ser adaptado para o cinema na forma de um blockbuster de desastre. Afinal, isto é Hollywood.

Continuar lendo

Anúncios

Jogador Nº 1

Steven Spielberg é, provavelmente, o diretor mais famoso do mundo e “Jogador Nº 1”, Ernest Cline é sua grande homenagem à cultura pop das últimas décadas, especialmente a dos anos 80 e 90. Cultura esta que o próprio Spielberg teve um grande papel em moldar, com clássicos como Tubarão, ET, Jurassic Park e a trilogia Indiana Jones.

Continuar lendo

Círculo de Fogo: A Revolta

Guillermo Del Toro pode não ter “revolucionado” o cinema em 2013 com “Círculo de Fogo” (Pacific Rim), sua grande homenagem a filmes de monstros gigantes japoneses, mas certamente produziu um divertidíssimo filme de ação e aventura que daqui há anos ainda poderá ser visto como um divisor de águas e um clássico de seu gênero. Não é por menos que o filme VIVE sendo reprisado quase semanalmente por vários canais diferentes de TV a cabo.

Continuar lendo

Tomb Raider: A Origem

Tomb Raider, estrelando Alicia Vikander,  é baseado no vídeo game de mesmo nome, lançado em 2013 pela Eidos e Square Enix.

Lara Croft é uma jovem inglesa que literalmente luta, tem um emprego raso e sobrevive na capital. Ela esconde a maravilhosa educação que recebeu e tenta aperfeiçoar as habilidades que conquistou, mas sua irresponsabilidade sempre a leva ao pior resultado. Em um destes resultados, Lara se vê obrigada a salvar a fortuna da família e visitar a empresa de seu pai e conhecido arqueólogo, Lord Richard Croft, desaparecido há 7 anos.

Continuar lendo

Operação Red Sparrow

Como a personagem interpretada pela veterana Charlotte Rampling, que nunca recebe um nome, apenas um posto, diz para um classe de alunos pouco depois de sua introdução no filme, a Guerra Fria nunca acabou, apenas foi partida em milhares de pedaços e continua viva.

Continuar lendo

Pantera Negra

Para alguns a melhor coisa a sair de Capitão América – Guerra Civil (2016), o Pantera Negra ganha seu próprio filme com muito a provar. Uma prova de fogo para um personagem importante que poucos conhecem e para um diretor talentoso, mas ainda em seu começo.

Continuar lendo

Lady Bird: É Hora de Voar

Ao longo dos anos Greta Gerwing se estabeleceu de certa forma como uma atriz capaz de transitar livremente entre filmes pequenos e mais intimistas como “Frances Ha”, “Lola Versus” ou “Mulheres do Século 20” e produções de maior apelo comercial como “Sexo Sem Compromisso”, “O Solteirão” e “Para Roma, com Amor”.
Agora escrevendo e dirigindo seu primeiro filme solo (ela já havia dirigido, com um parceiro o filme “Nights and Weekends” em 2008), ela faz a transição para o posto de roteirista e  diretora de forma brilhante.

Continuar lendo