Colossal

Todo mundo tem um monstro dentro de si. Até onde essa frase é apenas metafórica? Colossal leva essa afirmação a novos extremos, e redefine o significado de desastre.

Gloria (Anne Hathaway, alcançando níveis altíssimos de fofice) é um desastre. Uma pretensa escritora desempregada, chutada de casa pelo namorado Tim (Dan Stevens de Downton Abbey e Legion, no papel de um babaca britânico. Será redundância?) e com sérios problemas de natureza alcoólica, ela se vê forçada a voltar pra cidadezinha do interior onde nasceu.

Lá encontra Oscar (Jason Sudeikis, mostrando novos lados de seu talento), um amigo de infância, que não mede esforços para ajudá-la a consertar sua vida, lhe dando um emprego em seu bar. Gloria continua com porres atrás de porres, até o dia em que o mundo é chocado com a aparição de um monstro gigante, que arrebenta com Seul, na Coréia do sul.

Tão estarrecida quanto o resto do planeta, Gloria fica obcecada com o monstro, e ao ver os vídeos documentando as aparições do dito cujo, começa a perceber que pode controlar os movimentos da criatura. Como? Por que? E se mais alguém puder fazer o que Gloria faz? A pobre moça achou que estava vivendo um filme de Wes Anderson, mas pode ter entrado num de Wes Craven.

Tudo começa como uma comédia com toques de ficção científica, mas do nada se torna um filme sombrio, e pesado. Nacho Vigalondo usou Kaijus (os populares monstros gigantes a la Godzilla, ou mais recentemente, Pacific Rim) pra construir uma alegoria sobre relacionamentos abusivos, e o fez muito bem, mesmo com a virada de gêneros e a mudança abrupta de tom. Uma execução invejável.

A trilha de Bear McCreary é adequada a todos os momentos do filme, que ainda conta com belas músicas em sua trilha sonora. Sobre as atuações, Anne Hathaway dá o tom correto para a zona da vida de Gloria e Jason Sudeikis finalmente tem como mostrar que está bem acima de vários de seus companheiros de Saturday Night Live. Não vá ver Colossal esperando encontrar um “filme de monstrão”, é bem mais que isso.

8/10

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s