Antes Que Eu Vá

“Antes Que Eu Vá” conta a história de Samantha, que aos 17 anos sofre um acidente de carro com suas amigas e morre. Mas ao invés de simplesmente morrer ela revive o dia de novo e de novo. O que começa como um pesadelo acaba se tornado uma forma de mudar a vida das pessoas a sua volta.

O filme começa com uma narração meio estranha explicando o que é a Teoria do Caos. Talvez seja interessante explicar pra vocês. Essa teoria prevê uma certa conexão entre tudo que existe no universo. E como suas ações são parte do universo elas também influenciam diretamente nas coisas. Por exemplo, se você faz ou deixa de fazer alguma coisa naquele dia a vida – e aí não só a sua – pode tomar um rumo completamente diferente.

Tendo percebido isso, nossa protagonista assume a missão de ir alterando as coisas até consertá-las. Tanto ela como as demais personagens do filme estão muito bem construídas. Desde o núcleo principal (Samantha e suas 3 melhores amigas) até personagens secundários como a família dela e o garoto que gosta dela na escola, mas que ela nunca deu muita bola.

As mudanças começam sutis – para que você que não está familiarizado com a teoria do caos assimile as informações – e vai ficando cada vez mais complexo. Sinais de um roteiro muito bem planejado. Tudo parece ter sido escrito com muito cuidado e muita sensibilidade.  Tanto o roteiro como o livro que deu origem foram escritos por mulheres, e isso curiosamente faz toda a diferença. Roteiristas mulheres sabem como ninguém – por motivos óbvios – escrever personagens femininas bem feitas. É uma coisa linda.

O filme também foi dirigido por uma mulher e olha, que direção bem feita. Os planos não são lá muito ousados, mas refletem muito bem não só os momentos tensos, mas os momentos de paz de Sam. Outro destaque está na direção de fotografia (não achei quem fez) que ficou impecável. A gente vê claramente o filme mudando de cor de acordo com o entendimento da Sam a respeito do que está acontecendo com ela. Em dias de muita paz as cores são claras. Nos dias de confusão existe muito cinza. Toda vez que ela encontra o rapaz que gosta dela o filme assume um tom alaranjado. Tudo muito bem pensado pra te fazer sentir as coisas certas nas horas certas.

8/10

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s