LEGO Batman: O Filme

O universo compartilhado que as pecinhas machucadoras de pé criadas em 1939 pelo grupo Lego da Dinamarca é vasto, e já se expande por TV, video games e cinema afora há um bom tempo.
Em 2014 tivemos o primeiro filme “pra valer”, e lá, várias franquias se digladiavam pela atenção dos telespectadores enquanto se desenrolava a aventura de Emmet Brickowski. Em particular, um dos personagens reclamou por não ser o foco das atenções,  o astro do filme da vez, O Batman. Eis que 3 anos depois, ele finalmente recebe um filme Lego próprio.

Mas diferente da jornada de descobertas do herói anterior, neste filme o que vemos é o Homem-Morcego ser impiedosamente “fritado”. Um “Roast”, como costumam fazer com celebridades nos Estados Unidos. Acompanhem:

A trama se inicia quando todos os vilões de Gotham City auxiliam o Coringa (Com voz de Zach Galifianakis em inglês) em mais um plano pra causar caos e destruição, e são repelidos pelo Batman (dublado por Will Arnett, como no filme anterior) de maneira espetacular (Com direito a tema próprio!) Por obter tantas vitórias, Batman tá com o ego lá em cima, crê que é autossuficiente, e embora tenha uma legião de fãs, não tem nenhum amigo. Com a chegada da nova comissária de polícia Barbara Gordon (a sempre ótima Rosario Dawson), o público começa a questionar a eficiência do Batman, enquanto o humilhado Coringa bota em prática um plano absurdo pra provar sua relevância frente ao arqui-inimigo. Batman ainda adota meio que por engano o jovem órfão Dick Grayson (o eterno nerdão Michael Cera), que se esforça pra ganhar o amor de seu novo pai. Batman vai mudar e ser um herói melhor antes que seja tarde demais?

Essa trama é amarrada por uma agressiva revisão de tudo que dá certo e dá errado com o Batman, fazendo referência a praticamente todas as versões de TV e cinema do personagem, sempre com o charme das pecinhas de Lego voando pela tela. e você tem algum motivo pra implicar com o personagem, vai ser provavelmente abordado, de maneira hilária.

E aí está a magia do filme, que faz tanto fãs e detratores do personagem se unirem: Batman é zoado por todos os seus defeitos ao mesmo tempo que é adorado por suas (poucas) virtudes, num festival de piadas ótimas, gags visuais e toneladas de referências a toda as épocas do Morcegão. Uma celebração aos 78 anos de existência do Cavaleiro das Trevas, a seus criadores e artistas, com participação de vários membros de seu extenso elenco de apoio, e até alguns personagens que você nunca pensou ver antagonizando o Batman. A Warner Bros. e a DC devia repensar seu plano com filmes e em vez disso, lançar seus heróis e vilões em versões Lego. Recomendado pra crianças, adultos, idosos, fanboys, fanboys chatos, gente bem humorada, etc.

9/10

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s