Bruxa de Blair

Por Cleiton Lopes

Quase duas décadas depois do lançamento de Bruxa de Blair (1999), as salas de cienma recebem uma novo capítulo do terror que fez tanto sucesso no final da década de 90.

O novo filme atualiza, principalmente tecnologicamente, os feitos do primeiro filme. Neste, um grupo de amigos voltam à floresta para encontrar não exatamente a bruxa mas, a irmã de um dos membros que era a personagem principal do primeiro filme. E, obviamente, eles iriam esbarrar em algum momento com a assombração.

Diferente do que vemos no primeiro filme, temos maiores explicações sobre os acontecimentos que deram origem à maldição da floresta. Esses novos elementos são acrescentados com a introdução de dois personagens que moram nas redondezas da floresta e dizem entender da história completa e, inclusive, terem visitado a floresta várias vezes.

Se no primeiro a forma de se guiar era apenas um mapa de papel, uma bússola e uma câmera, neste novo capítulo o grupo está “armado” com todo tipo diferente de apetrecho. Diferentes tipos de câmeras de mão e,  em uma nas orelhas, até uma que oferece uma visão em, digamos, “primeirissima pessoa”. Um GPS e um drone também estão no kit de filmagem da comitiva. E, obviamente, nem tudo vai funcionar como deveria.

O filme consegue ir bem. Principalmente por ter agregado esse elemento que chamei de “primeirissima pessoa” em que nos sentimos quase que inseridos no filme. O diferencial é que o primeiro tinha muito mais um perfil documentário. Vendo o filme ainda hoje ele envelhece muito bem e um desavisado que não saiba que o filme era uma encenação pode até vir a acreditar que os acontecimentos ocorreram de verdade.

Já neste segundo temos mais um filme, digamos, “tradicional”, mas contado de uma forma diferente. Não que isso seja um demérito. Aliás, o filme consegue nos dar bons sustos, que é o principal objetivo dele. Isso aliado à novas formas de aparição que incluem uma “nojentinha”. Não recomendado para quem não aguenta emoções fortes.

8/10

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s