A Culpa é das Estrelas

The-Fault-in-our-stars

Baseado na obra homônima de John Green, A Culpa é das Estrelas conta a história de Hazel (Shailene Woodley), uma jovem de 16 anos diagnosticada com câncer aos 13 anos que ganha uma sobrevida graças a uma droga experimental. Convencidos que Hazel está deprimida seus pais e médica a convencem a freqüentar um grupo de apoio para crianças com câncer e é nesse grupo que Hazel conhece Augustus Waters (Ansel Elgort), um ex- jogador de basquete que perdeu uma das pernas para o câncer.

Em pouco tempo os dois se aproximam e caem de amores um pelo outro. Muitos podem criticar a rapidez com que os personagens principais se apaixonam, porém vale ressaltar que ambos são adolescentes com câncer, ou seja, afetados pela noção do quanto a vida é breve. Hazel, no entanto tenta ao menos no começo, afastar Augustus pois ela sente que é uma granada prestes a explodir e não quer deixar efeitos colaterais.

the-fault-in-our-stars-1200-800-new-clip-the-fault-in-our-stars-grenade-scene-will-destroy-you

Ambos trocam seus livros favoritos para trocar impressões e logo Augustus se pega curioso sobre “Uma Aflição Imperial” e decide usar seu desejo para levar Hazel à Amsterdã para conhecer o autor para que ele possa responder todas suas dúvidas sobre o livro, já que ele vive recluso e não responde a correspondências de fãs. Aqui fica uma explicação sobre esse desejo já que no filme não há qualquer tipo de explicação. Gênios são colaboradores da Make-a-Wish, uma organização real que proporciona a realização de sonhos de crianças com enfermidades que colocam em risco as suas vidas. Cada criança tem apenas um desejo e no caso Hazel usou o seu para ir a Disney, diga-se de passagem um desejo bem comum entre os beneficiários do projeto.

O filme claramente é feito para te fazer chorar sem deixar de lado o bom humor. O começo do filme é lento assim como no livro e a história realmente só flui após a viagem dos dois protagonistas a Amesterdã. Boa parte do conteúdo original está nas telas e mais importante a essência do livro está no filme. Porém tenho algumas ressalvas quanto ao elenco, principalmente Ansel Elgort e Willem Dafoe. O primeiro porque não me fez acreditar no personagem, tendo lido o livro eu tinha altas expectativas para o personagem e na minha opinião o ator foi apenas…Okay. Uma das cenas que mais esperava ver, e aliás esperava chorar muito, não teve o mesmo impacto em mim justamente pela atuação de Ansel.

A Fault In Our Stars

Já no caso de Dafoe não sei bem apontar se o problema é do ator ou do roteiro, senti que apesar de retratado no filme como um babaca Peter Van Houten o personagem teve seu tom abrandado. Lembro de ter ficado infinitamente mais zangada no livro do que no filme. Creio no entanto que os fãs do livro ficarão satisfeitos, afinal adaptar um livro de sucesso pro cinema nem sempre tem um resultado satisfatório.
No geral é um bom filme, uma história de amor que nos lembra que nem sempre a vida termina em final feliz.

8/10

Anúncios

2 ideias sobre “A Culpa é das Estrelas

  1. Edy Limma

    Parabéns por esse excelente comentário! Estava pirado tentando saber oq significativa o tal pedido aos gênios!!! Rs’

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s