O Hobbit: A Desolação de Smaug

Lá e de volta outra vez: a segunda parte da jornada de Bilbo Bolseiro.

Quando Peter Jackson entrou definitivamente para então problemática e quase paralisada produção de “O Hobbit”, os fãs foram à loucura, foi como um se uma luz surgisse no fim do túnel, e conforme o andamento do filme, Jackson inebriava nossa visão apresentando seu arsenal tecnológico, suas red epics, seus cenários hiper-realistas, seu elenco e até um videolog apresentado pelo próprio diretor, exibindo o diário de uma jornada épica.

Em dezembro do ano passado, quando “Uma Jornada Inesperada” finalmente saiu, toda a euforia dos fãs, admiradores e curiosos pareceu ter sido abalada. O filme dividiu diversas opiniões, a maioria reclamando da lentidão da história, de como os personagens demoram a entrar no tranco, e assim, acusaram o diretor, que a princípio iria fazer dois filmes, e decidiu então prolongar para três, sob a decisão de incluir e destacar qualquer detalhe contido na obra de Tolkien, de estar em busca de um caça-níquel.

“O Hobbit: Uma Jornada Inesperada” passou a milhas de distância da expectativa de um filme que igualasse ou superasse a grandeza da Trilogia do Anel. Porém quando começaram a sair trailers da nova aventura, apresentando personagens queridos dos leitores, e um dos dragões mais famosos da literatura ocidental, a chama pareceu arder novamente, e assim os fãs começaram a aguardar incessantemente o novo capítulo que chegaria para devolver às mãos de Peter Jackson sua honra ao mérito.

“A Desolação de Smaug” continua a acompanhar o já cansado Bilbo (Martin Freeman), que nem sequer menciona sentir alguma falta do Condado, e os anões liderados por Thorin Escudo de Carvalho (Richard Armitage) em busca da recuperação de sua terra natal Erebor, das garras do dragão Smaug (Benedict Cumberbatch). No caminho (como já esperado) encontram uma porção de desafios que irão testar sua fúria e força de vontade e também uma aliança nas mãos do homem urso Beorn (Mikael Persbrandt). Equanto Bilbo se afeiçoa cada vez mais ao poder do anel, Gandalf (Ian McKellen) precisa retornar as ruínas de Dol Guldur investigar uma maligna força causada por um Necromante.

Após serem capturados por elfos da floresta negra, os anões são levados até os domínios de Thranduil (Lee Pace) que novamente tem uma discussão sobre os acontecimentos durante a guerra contra o dragão. Killi (Aidan Turner) vira seus olhos para a bela elfa Tauriel (Evangeline Lilly) e desperta os ciúmes de Legolas (Orlando Bloom). Graças à habilidade de Bilbo como ladrão e o poder do anel, os anões conseguem escapar da prisão, e inicia-se a melhor e mais divertida sequência do filme: a fuga nos barris, que acaba por os levar até o desconhecido Bard (Luke Evans) que os encaminha até a Cidade dos Lagos próxima à Montanha Solitária. Bilbo é incumbido de achar uma pedra em meio ao tesouro e ao dragão, mas Smaug é despertado e inicia-se uma nova batalha na Terra Média.

Com batalhas bem estabelecidas e ações pontuais, “A Desolação de Smaug” consegue resgatar o sentimento de segurança com o restante da obra. Longe de estar livre dos problemas, como alguns personagens ainda não bem estabelecidos, o novo capítulo consegue superar o anterior de uma forma que ele se torna que desnecessário, rompendo com o perigo que existe nas trilogias quando o filme do meio é o divisor de arcos. Peter consegue nas entrelinhas do filme homenagear “A Sociedade do Anel”, sendo com sua presença no mesmo plano similar na cena do Pônei Saltitante, ou na fantástica trilha de Howard Shore que apresenta Bilbo e seu diálogo interno com o anel. “O Hobbit” está ai e sem dúvida essa nova aventura vai deixar fãs loucos pela conclusão da trilogia.

8/10

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s